Blog Acordo Coletivo atinge 3.400.000 leituras e 25.000 artigos selecionados


3.600.000 em dez/2016 – 25800 artigos

3.000.000 em fev/2016

1.500.000 em 29/03/2013

2.400.000 em 25/05/2015

1.000.000 por ano

25000 posts em outubro de 2016. 5 anos de vida. 25000/5=5000 posts por ano, uns 500 por mes, uns 25 posts selecionados por dia útil

Criação do Blog: 23/11/2011 – 1 2 3 4 5 – 5 anos em 23/11/2016

Média de Posts

25000/5 = 5000 posts por ano = 500 post por mês = em torno de 20 posts por cada 25 dias (consideramos os dias uteis , e sábado e domingo como um só dia)

criado em 23 de novembro de 2011

Blog Acordo Coletivo atinge 1.000.000 de leituras e 10.000 artigos

Em fevereiro de 2013
16000 artigos – media: 1.000 artigos / mes = 50 artigos selecionados por dia util
6000 comentários
1.450.000 acessos

Opinião do Leitor sobre o blog Acordo Coletivo


Coloque neste post sua opiniao sobre o nosso trabalho.
Caso você avalie o blog abaixo de regular, agradeceríamos informar o que pode/deve ser melhorado.

Avalie aqui. Dê uma opinião ou sugestão aqui.

Visitors 2016 inicio 25/2/2016
Flag Counter

Aqui

Visitors colocado recentemente (13/10/2010)

free counters

Locations of visitors to this page

[lista geral de posts e assuntos]

A colocacao de opinioes, criticas e sugestoes e’ bem-vinda e e’ colocada neste post atraves do reply.

Obrigado.

Editores.

Apoios: http://br.groups.yahoo.com/group/Acordo_Coletivo_Petrobras/

http://br.groups.yahoo.com/group/cipas_br

http://br.groups.yahoo.com/group/oab_provas

http://br.groups.yahoo.com/group/sindipetros_br

Ar Condicionado Split Libero E+ Inverter LG 18000 Btus Frio


– ATÉ 47% MAIS EFICIENTE DO QUE OS CONVENCIONAIS: Com a inovadora tecnologia Inverter V esse produto oferece maior eficiência na redução dos gastos com eletricidade quando comparamos com os equipamentos de ar condicionado não Inverter.

– ULTRASILENCIOSO: APENAS 19DB(A): O novo ventilador com tecnologia Skew Fan foi elaborado com um rotor em ângulo que diminui a pressão sonora e acaba com a vibração do motor. O seu uso em conjunto com os compressores com baixa vibração, torna a linha de ar condicionado Inverter V da LG os mais silenciosos do mercado.

– NOVO IONIZER ION CARE COM TRIPLA FUNÇÃO: O novo Ionizador ION CARE emite mais de 2 milhões de Ions por cm³, esterilizando o ar e eliminando até 99,9% de vírus e bactérias. O ION CARE utiliza o algoritmo SKIN CARE que ajusta operação para reduzir o tamanho das partículas de água no ar, o que facilita a absorção pela pele e consequentemente reduz a sensação de ressecamento. Além disso a função AUTO CLEAN que retira umidade remanescente do equipamento é potencializada quando incorporada coma as funções do ION CARE.

– EXCLUSIVO FILTRO MULTIPROTEÇÃO LG COM TECNOLOGIA 3M: A LG, em parceria com a 3M, desenvolveu o Filtro Multiproteção que retém micro partículas com muito mais eficiência, sem comprometer a capacidade de refrigeração do aparelho. As enzimas aplicadas no do Filtro Multiproteção proporciona a eliminação de até 99,9% das bactérias e vírus como o H1N1.

– RESFRIAMENTO RÁPIDO JET COOL: A função de rápido resfriamento com um forte fluxo de ar dá a sensação de resfriamento em poucos minutos.

– OPERAÇÃO ECONÔMICA ENERGY SAVING: Com esse modo você pode economizar energia elétrica durante o processo de refrigeração, pois ele se ajusta efetivamente a uma temperatura confortável, mantendo uma sensação agradável no ambiente.

– Produto ecologicamente correto: O novo Libero ArtCool utiliza o gás R410A que não agride o meio ambiente e é inofensivo para a saúde de sua família.

– Instalação Rápida e Fácil: Em poucos minutos e de uma forma totalmente descomplicada, os condicionadores de ar residenciais LG da linha Inverter V podem ser instalados em qualquer ambiente.

O painel inferior removível e o apoio articulado tornam sua instalação muito mais fácil, e a suporte de instalação personalizado da unidade interna ajuda no correto posicionamento e proporciona um acabamento perfeito.

Dimensoes da Unidade Externa 770 x 545 x 288
Dimensoes da Unidade Interna 1030 x 325 x 250
Peso da Unidade Externa 32,4
Peso Liquido da Unidade Interna 12,4
Capacidade / Btus 18.000
Compressor Inverter
Tipo de gás R-410A
Inmetro A
Código Fabricante US-Q182CSG3
Código de Barras 7893299619052
Categoria Split Inverter

Características

Características Gerais
Ciclo=Frio
Dimensoes da Unidade Externa=770 x 545 x 288
Dimensoes da Unidade Interna=1030 x 325 x 250
Peso da Unidade Externa=32,4
Peso Liquido da Unidade Interna=12,4
Capacidade / Btus=18.000
Compressor=Inverter
Tipo de gás=R-410A
Inmetro=A
Código Fabricante=US-Q182CSG3

Características do produto

Ocultar características
Cor Branca
Portátil Não
Funções Refrigerar e aquecer
Material Plástico
Filtro Anti-Bactérias (lavável)
Velocidades 3
Temperatura 16° C a 30° C
Controle Remoto Sim
Direcionadores de Ar Deflexão de Ar (acima e abaixo) automática, Deflexão de Ar (esquerda e direita) manual
Timer Sim
Alarme Sim
Função Dormir Sim
Termostato Sim
Aviso Limpa Filtro Sim
Rodinhas Não
Consumo de Energia (Resfriamento) 1538
Consumo de Energia (Aquecimento) 1.540
Potência BTU 18.000
Freqüência(Hz) 220/60/1
Vazão de Ar: 38 (1342)
Nível de Ruído 51
Tamanho do Ambiente Consultar no simulador LG
Classificação A
Voltagem 220V
Itens Inclusos • 1 Unidade Condensadora
• 1 Unidade Evaporadora
Aviso Imagem Meramente Ilustrativa
Ciclo Quente e Frio
Capacidade De 11.000 a 19.000 btus
Assistência Técnica SAC: 4004-5400 (Capitais e Regiões metropolitanas)
0800 707 5454 (para demais localidades)
Garantia 1 ano
Referência do Modelo US-W182CSG3

Dimensões do produto:

Largura:
71,00 cm
Altura:
71,00 cm
Profundidade:
71,00 cm
Peso:
48,00 kg

Propostas Sindicais 2017


1) imprensa demcratica com textos dos sindicalizados e espaço para comentarios
2) integração dos aposentados
3) criação de OLTs em cada unidade e colocação das OLTs no ACT protegendo os membros
4) cipas parte empregado sao automaticamente OLTs
5) jornal das cipas e dos aposentados, e das OLTs
6) redução da contribuicao sindical mensal
7) diretoria por proporcionalidade de chapas
8) codigo de ética e comissao de etica
9) transparencia nas contas para valores acima de 500 reais
10) cipa para os funcionarios dos sindicatos
11) divulgaçao das atas do colegiado e diretoria, e da mensal do conselho fiscal
12) emails dos conselhos e das cipas, das OLTs
13) fusao FNP e FUP
14) congressos virtuais permanente recebendo propostas
15) secretaria dos ativos para cuidar das demandas dos ativos como ha a dos aposentados
16) cursos de formação
17) divulgacao anual dos planos das secretarias e resultados/custos
18) regimento interno
19) protocolagem das demandas para acompanhamento pelo sidicalizado solicitante
20) rodizio de diretores na coordenacao das secretarias
21) gestao profissional das secretarias
22) uso de zap p falar com o sindicato, criacao de grupos oficiais do sindicao no zap
23) ouvidoria sindical formada por 5 associados

Propostas Sindicais para as Chapas 2017


Propostas Sindicais. Debata as mesmas, apoie ou critique, coloque as suas, e divulgue

email para apoio.categoria@gmail.com
1) imprensa demcratica com textos dos sindicalizados e espaço para comentarios
2) integração dos aposentados
3) criação de OLTs em cada unidade e colocação das OLTs no ACT protegendo os membros
4) cipas parte empregado sao automaticamente OLTs
5) jornal das cipas e dos aposentados, e das OLTs
6) redução da contribuicao sindical mensal
7) diretoria por proporcionalidade de chapas
8) codigo de ética e comissao de etica
9) transparencia nas contas para valores acima de 500 reais
10) cipa para os funcionarios dos sindicatos
11) divulgaçao das atas do colegiado e diretoria, e da mensal do conselho fiscal
12) emails dos conselhos e das cipas, das OLTs
13) fusao FNP e FUP
14) congressos virtuais permanente recebendo propostas
15) secretaria dos ativos para cuidar das demandas dos ativos como ha a dos aposentados
16) cursos de formação
17) divulgacao anual dos planos das secretarias e resultados/custos
18) regimento interno
19) protocolagem das demandas para acompanhamento pelo sidicalizado solicitante
20) rodizio de diretores na coordenacao das secretarias
21) gestao profissional das secretarias

22) uso de zap p falar com o sindicato, criacao de grupos oficiais do sindicao no zap
23) ouvidoria sindical formada por 5 associados

22) zap nas secretarias

23) sua proposta aqui >>> …………….

 

 

Henrique Martins


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde abril de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Henrique Martins
Nascimento 28 de agosto de 1933 (83 anos)
Berlim, Alemanha
Ocupação Ator e Diretor
Atividade 1953 – atualmente
IMDb: (inglês)

Henrique Martins, nome artístico de Hanez Schlesinger (Berlim, 28 de agosto de 1933) é um ator e diretor brasileiro. Veio cedo para o Brasil com os pais. A mãe Louise sempre foi do lar e o pai Curt era costureiro. Hanez, o filho, aprendeu o ofício e o exerceu até adulto.

Trabalhos como diretor[editar | editar código-fonte]

Como ator[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ir para cima «A Sombra de Rebecca». Memória Globo. Consultado em 16 de abril de 2013
  2. Ir para cima «Anastácia, a Mulher Sem Destino». Memória Globo. Consultado em 16 de abril de 2013
  3. Ir para cima «Experiente diretor Henrique Martins entra em “Carrossel” nesta quarta». Na Telinha. 19 de dezembro de 2012. Consultado em 16 de abril de 2013

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Leila Diniz


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Maio de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leila Diniz
Nome completo Leila Roque Diniz
Nascimento 25 de março de 1945
Niterói, RJ
Morte 14 de junho de 1972 (27 anos)
Nova Délhi, Índia
Ocupação Atriz
Cônjuge Domingos de Oliveira (1962-1965)
Ruy Guerra (1965-1971)
IMDb: (inglês)

Leila Roque Diniz (Niterói, 25 de março de 1945Nova Délhi, Índia, 14 de junho de 1972) foi uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formou-se em magistério e foi ser professora do jardim de infância no subúrbio carioca. Aos dezessete anos, conheceu seu primeiro marido, o cineasta Domingos de Oliveira e casou-se com ele. O relacionamento durou apenas três anos. Foi nesse momento que surgiu a oportunidade de trabalhar como atriz. Primeiro estreou no teatro e logo depois passou a trabalhar na TV Globo, atuando em telenovelas. Mais tarde, casou-se com o cineasta moçambicano Ruy Guerra, com quem teve uma filha, Janaína. Participou, ao todo, de quatorze filmes, doze telenovelas e várias peças teatrais.

Leila Diniz quebrou tabus de uma época em que a repressão dominava o Brasil, escandalizou ao exibir a sua gravidez de biquini[1] na praia, e chocou o país inteiro ao proferir a frase: Transo de manhã, de tarde e de noite. Considerada uma mulher à frente de seu tempo, ousada e que detestava convenções.[2] Foi invejada e criticada pela sociedade conservadora das décadas de 1960 e 1970 e pelas feministas pois consideravam que ela estava a serviço dos homens [3].

Leila falava de sua vida pessoal sem nenhum tipo de vergonha ou constrangimento. Concedeu diversas entrevistas marcantes à imprensa, mas a que causou um grande furor no país foi a entrevista que deu ao jornal O Pasquim em 1969. Nessa entrevista, ela, a cada trecho, falava palavrões que eram substituídos por asteriscos, e ainda disse: Você pode muito bem amar uma pessoa e ir para cama com outra. Já aconteceu comigo.

O exemplar mais vendido do jornal foi justamente esse no qual foi publicada a entrevista da atriz fluminense. E foi também depois dessa publicação que foi instaurada a censura prévia à imprensa, mais conhecida como Decreto Leila Diniz. Perseguida pela polícia política, Leila se esconde no sítio do colega de trabalho Flávio Cavalcanti, tornando-se em seguida jurada do programa do apresentador, no momento em que é acusada de ter ajudado militantes de esquerda. Alegando razões morais, a TV Globo do Rio de Janeiro não renova o contrato de atriz. De acordo com Janete Clair, não haveria papel de prostituta nas próximas telenovelas da emissora.[2]

Meses depois, Leila reabilita o teatro de revista, e começa uma curta e bem sucedida carreira de vedete. Estrelando a peça tropicalista Tem banana na banda, improvisando a partir dos textos escritos por Millôr Fernandes, Luiz Carlos Maciel, José Wilker e Oduvaldo Viana Filho. Recebe de Virgínia Lane o título de Rainha das Vedetes. No carnaval de 1971, é eleita Rainha da Banda de Ipanema por Albino Pinheiro e seus companheiros.

Morreu num acidente aéreo, voo JAL471, da Japan Airlines, no dia 14 de junho de 1972, aos 27 anos, no auge da fama, quando voltava de uma viagem à Austrália.

A atriz Marieta Severo e o compositor e cantor Chico Buarque de Holanda, seus amigos, cuidaram da filha de Leila Diniz e Ruy Guerra, durante muito tempo, até o pai ter condições de assumir a filha, Janaína Diniz Guerra.

Um cunhado advogado se dirigiu a Nova Délhi, na Índia, local do desastre, para tratar dos restos mortais da atriz. Acabou encontrando um diário que continha diversas anotações e uma última frase, que provavelmente estava se referindo ao acidente: Está acontecendo alguma coisa muito es….

Leila Diniz, A Mulher de Ipanema, defensora do amor livre e do prazer sexual, é sempre lembrada como símbolo da revolução feminina, que rompeu conceitos e tabus por meio de suas ideias e atitudes.

“Sem discurso nem requerimento, Leila Diniz soltou as mulheres de vinte anos presas ao tronco de uma especial escravidão.”

Por sua carreira, sua historia e seu legado, entrou para a lista 10 Grandes Mulheres que Marcaram a História do Rio.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas
Ano Título Papel Emissora
1965 Ilusões Perdidas Rede Globo
Paixão de Outono Maria Luísa TV Paulista
Um Rosto de Mulher
1966 Eu Compro Esta Mulher Úrsula Rede Globo
O Sheik de Agadir Madelon
1967 A Rainha Louca Lorenza
Anastácia, a Mulher sem Destino Anastácia
1968 O Direito dos Filhos Ana Lúcia TV Excelsior
1969 Acorrentados Irmã Amparo TV Rio
Vidas em Conflito Débora TV Excelsior
Dez Vidas Pompom
1970 E Nós, Aonde Vamos? Beth TV Tupi

No cinema[editar | editar código-fonte]

Longas-Metragem
Ano Título Papel Notas
1967 Mineirinho, Vivo ou Morto Maria [4]
O Mundo Alegre de Helô Luisinha [5]
Todas as Mulheres do Mundo Maria Alice [6]
Juego peligroso Servente
1968 Edu, Coração de Ouro Tatiana
O Homem Nu Mariana
A Madona de Cedro Marta
Fome de Amor Ulla
1969 Corisco, o Diabo Loiro Dadá
Os Paqueras Ela Mesma
1970 Azyllo Muito Louco Eudóxia
O Donzelo Ela Mesma
1971 Mãos Vazias Ida[7]
1972 Amor, Carnaval e Sonhos Pirata
1977 O Dia Marcado Póstumo

Na música[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Leila Diniz

*JBlog Hoje na HIstoria: 14 de junho de 1972 – Morre Leila Diniz

O Sheik de Agadir


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Sheik de Agadir
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Glória Magadan
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Henrique Martins
Régis Cardoso
Elenco Henrique Martins
Yoná Magalhães
Amilton Fernandes
Leila Diniz
ver mais
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 18 de julho de 196617 de fevereiro de 1967
N.º de episódios 155
Cronologia
Eu Compro Esta Mulher
A Rainha Louca

O Sheik de Agadir é uma telenovela de Glória Magadan exibida na Rede Globo de 18 de julho de 1966 a 17 de fevereiro de 1967 às 21h30, em 155 capítulos.[1] Foi a “novela das dez” exibida pela emissora.

Foi baseada no romance Taras Bulba, de Nicolai Gogol. Teve direção de Henrique Martins e Régis Cardoso. Ainda em 1966, o roteiro da novela foi adaptado para o formato de livro (742 páginas), tendo sido lançado numa parceria entre a TV Paulista e a Colgate-Palmolive.

Produção[editar | editar código-fonte]

A telenovela de Glória Magadan tinha suas cenas externas gravadas nas dunas de Cabo Frio passando-se pelo deserto do Saara. “O rato” foi o primeiro serial killer das novelas brasileiras e exterminou metade do elenco da trama. No fim, a revelação de que não era um assassino, e sim uma assassina: a jovem princesa árabe Éden de Bassora (Marieta Severo).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um conturbado triângulo amoroso entre o sheik Omar Ben Nazir (Henrique Martins), a jovem Janette Legrand (Yoná Magalhães) e Maurice Dumont (Amilton Fernandes), um oficial do Exército Francês. Em meio ao romance, estranhos assassinatos vão acontecendo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Henrique Martins Sheik Omar Ben Nazir
Yoná Magalhães Janette Legrand
Amilton Fernandes Maurice Dumont
Leila Diniz Madelon
Mário Lago Otto Von Lucken
Márcia de Windsor Frieda
Emiliano Queiroz Hans Stauber
Marieta Severo Eden de Bassora
Yara Lins Valentina
Cláudio Marzo Marcel
Silvio Rocha Ahmed
Luiz Orioni Legrand
Vanda Marchetti Julieta
Paulo Gonçalves Luciano
Angelito Mello Ibrahim
Sebastião Vasconcelos Jean

Registro Profissional de Jornalista


1. Como Encaminhar

O registro de Jornalista Profissional, em todas as categorias, deve ser encaminhado através do Sindicato.

O pedido pode ser feito também através da Delegacia Regional do Trabalho (DRT), mas a legislação determina que, antes de aprovado, o registro seja examinado pelo Sindicato.

Tramita no Congresso Nacional o projeto de lei do deputado federal Carlos Bezerra, do PMDB-MT, de número PLS 307/95, que transfere para a Fenaj a emissão do registro profissional. O projeto já foi aprovado no Senado e vai ser votado no plenário da Câmara.

2. Prazos

Após a impressão do requerimento de registro profissional, há um prazo de 30 dias para entregar os documentos ou o requerimento será indeferido.

3. Documentos Necessários

Jornalista Profissional

* 2 (duas) via do Requerimento do Registro Profissional – após a impressão, há um prazo de 30 dias para entregar os documentos ou o requerimento será indeferido. Além do requerimento, será impressa uma declaração, que deverá ser assinada e entregue em uma via.
* cópia AUTENTICADA da página de rosto e qualificação civil da carteira de trabalho
* cópia simples do comprovante de endereço
* 1 (uma) copia autenticada da Certidão de casamento (se houver alteração de nome)

O registro de jornalista não pode ser encaminhado mediante a apresentação de certificado nem declaração de conclusão de curso.

* 1 (uma) cópia autenticada da Carteira de Identidade ou 1 (uma) cópia autenticada da Carteira de Habilitação de Motorista, caso o nº do CPF não conste na Carteira de Identidade, trazer 1 (uma) cópia autenticada do CPF

Carteira de Trabalho Profissional (CTPS – trazer a carteira)
Valores: não há custo algum.
Prazo: de 20 dias úteis após o encaminhamento.

Jornalista Profissional por Função Específica

Diagramador, Repórter Fotográfico, Repórter Cinematografico, Ilustrador

* 1 (uma) via do Requerimento do Registro Profissionalapós a impressão, há um prazo de 30 dias para entregar os documentos, ou o requerimento será indeferido. Além do requerimento, será impressa uma declaração, que deverá ser assinada e entregue em duas vias.
* 1 (uma) cópia autenticada, em cartório, do Histórico Escolar (Conclusão do 2° Grau)
* cópia AUTENTICADA da página de rosto e qualificação civil da carteira de trabalho
* 1 (uma) cópia autenticada da Carteira de Identidade ou 1 (uma) cópia autenticada da Carteira de Habilitação de Motorista, caso o nº do CPF não conste na Carteira de Identidade, trazer 1 (uma) cópia autenticada do CPF
* cópia simples do comprovante de endereço
* 1 (uma) copia autenticada da Certidão de casamento (se houver alteração de nome)

* Material publicado (jornal, revista) de no mínimo 2 (dois) anos, constando o nome no expediente do veículo. Caso não conste no expediente, é necessário uma declaração com firma reconhecida em cartório da empresa, reconhecendo a autoria do material publicado e o tempo de serviço.

* para repórter cinematografico apresentar DVD com a comprovação de 02 anos no exercício da função.