Propostas para o ACT 2013 – Consolidado e Agrupado – ATUALIZADO para 2010, 2011, 2012 e 2013


Propostas para o ACT 2009 – Consolidado e Agrupado – ATUALIZADO para:

2010 2011 2012 2013

[Abertura de trabalhos para o ACT 2013 - Aqui]

fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/Acordo_Coletivo_Petrobras/

Cadastre-se para receber novos dados e participar: Acordo_Coletivo_Petrobras-subscribe@yahoogrupos.com.br

Coloque suas propostas e críticas aqui e no grupo. Envie as mesmas para diretores sindicais (grupo: Sindipetros, post: ), de associações (Associações), e das federações (Federações: grupo: aqui, post: FUP e FNP) e coloque as respostas aqui. Veja também os Acordos Coletivos anteriores (aqui)

  1. - Licença maternidade 180 dias  – BENEFICIOS
  2. - PROMINP – petroleiros poderem fazer os concursos – PROMINP  Concursos
  3. - continuação das políticas de primeirizacao  – CONCURSOS
  4. - aproveitamento de anuenio em caso de mudança de empresa dentro do SPANUENIO
  5. - adicional de titularidade  - ADICIONAIS
  6. - internivel de 5% – INTERNIVEL
  7. - Adicional de Periculosidade de fatoADICIONAIS
  8. - Aposentado na ativa com possibilidade de uso do sistema de previdência – APOSENTADOS
  9. - liberação de dia para doação de medula – DOACAO
  10. - liberação de meio dia para doações adicionais de sangue – DOACAO
  11. - abono de 5 dias  – ABONOS
  12. - manutenção de nível para quem muda de empresa dentro do SP – NIVEL
  13. - criação de GT para melhorias no Código de Ética CODIGO DE ETICA
  14. - concurso interno para consultor – CONSULTOR
  15. - participação dos sindipetros no GT sobre o GD – GD
  16. - tratamento igual para os aposentados na ativa – APOSENTADOS
  17. - colocação das OLTs no ACTOLTS
  18. - participação de representante da CIPA (não o vice) parte empregados nas Comissões de SMS. Não o vice, mas alguém escolhido pelos representantesCIPAS
  19. - liberação de dias p os conselheiros da Petros – PETROS
  20. - inicial de ISI (inspetor de segurança interna) igual ao de técnico administrativo – NM
  21. - criação das OLTs a nível predial  – OLTS
  22. - melhoria da A.M.S  – A.M.S – melhor atendimento em todos os estados . AMS
  23. - mudança da A.M.S. cota de 70 30 mudaria para 75 25 - AMS
  24. - criação de comissão de gestão paritária da A.M.S.  – AMS
  25. - liberação de ½ dia por semana para atividades das CIPAs - CIPAS
  26. - beneficio educacional para enteados  – BENEFICIOS
  27. - gestão participativa na empresa  – GESTAO – Outros
  28. - AMS para parentes em caso destes serem dependentes do empregado AMS
  29. - AMS c pgto minimo para pais que ganham ate 2 SM  AMS
  30. - reconhecimento do curso de tecnólogo para concursos p NS – NS
  31. - prova interna para pleno e senior  – Concurso Interno
  32. retirar impostos do auxilio-almoco - BENEFICIOS
  33. - pontuação para títulos nos concursos da Petrobras - CONCURSOS
  34. - elevação do piso de nível médio para o inicial do antigo inspetor de equipamentos I  – NM
  35. - auxilio-creche para todos os funcionáriosBENEFICIOS
  36. - pgto de horas de deslocamento quando em viagem a trabalho  - REMUNERACAO
  37. - melhoria da rede de atendimento da AMS - AMS
  38. - nivel automatico a cada 2 anos – AVANCO DE NIVEL
  39. - acrescimo de anos para o INSS para os que trabalhavam em regime especial até 1995 – INSS – Aposentados
  40. - manutenção do anuenio para quem muda de empresa dentro do SP  - ANUENIO
  41. - Banco de horas com delta passando de 32 horas para 64  – BANCO DE HORAS
  42. - Implementação das OLTs  - OLTS
  43. - Aumento das liberações para os diretores sindicatos  – RELACOES SINDICAIS
  44. - Encontro regional/cidade de CIPAs a cada 4 meses - CIPAS
  45. - emissão de via adicional de CAT para a CIPA – CIPAS
  46. - Eleicoes para todos os membros das CIPAs - CIPAS
  47. - Multas em casos de descumprimento de clausulas  – MULTAS
  48. - Anuenios continuarem sendo concedidos após os 35 anos de empresa  - ANUENIO
  49. - Programa de resgate de potencial laboral para afastados por outros problemas alem de acidentes e doencasPROGRAMAS DE SMS
  50. - colocação da atividade CIPA no GD CIPAS
  51. - Adicional de cipista  – CIPAS
  52. - Adicional de monitor de andar PROGRAMAS DE SMS
  53. hora extra para nível superior – NS, HORA EXTRA
  54. – Assedio Moral – GT para cuidar do assunto - PROGRAMAS DE SMS
  55. A.M.S. – parcerias com entidades semelhantes (exemplo: CASSI) - AMS
  56. reconhecimento do curso de tecnólogoCONCURSOS
  57. prova interna para consultorCONSULTOR, Concurso Interno
  58. - Folga no banco de horas para pessoas com dependentes doentesBanco de Horas
  59. Comissão do  GD bi-partiteGD
  60. - Reposição do salário dos Inspetores – Remuneração
  61. - Aumento do salário dos técnicos- Remuneração
  62. - Inclusão de um adicional/incremento de pelo menos R$2.000,00 para os Fiscais de Contrato – Remuneração
  63. - Retirar os impostos sobre o auxílio almoço, igualmente como acontece com as diárias e mini-diárias
  64. - elevação do piso salarial do assessor comercial – Remuneração
  65. - equalizar os direitos dos aposentados na ativa aos ativos não aposentados – Aposentados
  66. - enquadramento de antigos
  67. - plenos com mais de 25 anos de trabalho seriam enquadrados como inicial de senior
  68. - adicional de periculosidade real, 30%, para quem tem direito, além da RMNR
  69. - Equiparação salarial dos anistiados da Interbras e Petromisa
  70. - Apoio da empresa em arcar 75% das mensalidades de curso universitário para empregado
  71. - Avanço de nível a cada 18 meses está de bom tamanho – ANPR
  72. - Maior agilidade da Empresa com relação ao processo de aposentatoria de seus empregados
  73. - aumento do banco de horas, de 32 horas para 40 , 48, … 64 horas
  74. - aumento do banco de horas para quem tem dependente doente, invalido, com doenca permanente, …
  75. - retirada do limite de 40 anos para operacao de miopia
  76. - Licença paternidade de 15 dias, ficando a critério do empregado não desfrutar.
  77. - auxilio educacional para empregados/aposentados/dependente que encontram-se cursando nível superior ou tecnologo
  78. - assistência em medicamentos para os empregados que adiquiriram doenças ocupacionais decorrentes de estresse, assedio, ma gerencia.
  79. - isonomia salarial dos cargos de nível superior da Empresa
  80. - Incorporação da RMNR ao salário básico
  81. - Extensão do cargo SUPERVISÃO para nível Superior. – CARGOS
  82. - Adicional de Titularidade para os Encarregados de Bens Patrimoniais – Adicionais
  83. - Abono das horas utilizadas para consulta médica, mediante comprovante de comparecimento.
  84. - comissão paritária para tratar da AMS
  85. - colocação de atividade de cipeiro e monitor de andar no GDP
  86. - comissão paritária no ANPR
  87. - liberação de 1 a 2 dias por mês para atividades das CIPAS – CIPAs
  88. - AMS para os aposentados da Transpetro – AMS
  89. - emissao de uma via adicional da CAT para a CIPA local – CIPAs
  90. - aumento da liberacao de dirigentes sindicais – LIBERAÇÃO
  91. - criacao de comissao paritaria para analisar os casos de assedio moral – Assedio Moral
  92. - licença paternidade de 30 dias – Beneficios
  93. - liberacao de 1 dia para doadores de medula – LIBERAÇÃO
  94. - liberacao de 1/2 dia para doacoes adicionais de sangue além da primeira
  95. - plano de reclassificacao para profissionais com formacao superior e em atividades de nivel medio – Cargos
  96. - aumento do numero de consultores de nivel médio – CARGOS
  97. - estagiarios no limite da lei – link
  98. - uso do programa menor aprendiz – Outros
  99. - AMS para os ex-conjuges – AMS
  100. - Situacao das pessoas na ativa com tempo para se aposentar – Aposentados
  101. - Creche nas dependências da Petrobras.
  102. - Abono de horas faltadas para acompanhar filho à consulta médica.
  103. - Licença não remunerada de até 1 ano. Neste caso, não apenas para as mães, mas para todo corpo de funcionários e independente do motivo.
  104. - auxilio almoço em dinheiro nos lugares onde há refeitorio – Beneficios
  105. - transparencia no plano de cargos de gerentes e consultores
 Coloque suas propostas entrando no grupo informado no inicio do post.

Categorias – TAGs
Benefícios
Relações Sindicais
CIPAs
Programas de SMS
A.M.S.
Consultor
Concurso Interno
Concursos
Banco de Horas
GD
Multas
Anuenio
Remuneração
Hora Extra
Adicionais
Aposentados
Avanço de Nível
OLTs
NM
NS

126 Respostas to “Propostas para o ACT 2013 – Consolidado e Agrupado – ATUALIZADO para 2010, 2011, 2012 e 2013”

  1. 67.- plenos com mais de 25 anos de trabalho seriam enquadrados como inicial de senior – cláusula que se faz importante pelo tempo de dedicação do empregado.

  2. Estou impressionado com a quantidade de sugestões em benefício próprio que aparecem nessas sugestões. Não me surpreende que os petroleiros estejam tão desunidos… as pessoas deveriam sugerir coisas que sejam benéficas para todos e com justificativa que vá além do “eu quero”.

    Deixo minha sugestões:
    1) incidência do anuênio sobre a RMNR em vez de ser sobre o salário básico. A RMNR é base de cálculo para IR, Petros, INSS, tudo, então nada mais justo que a empresa coloque a RMNR como base de cálculo para o ATS.
    2) Fim da obrigação de repôr horas não trabalhadas em véspera de natal, ano-novo (30 e 31/12) e quarta de cinzas. Esses dias são dias úteis. Se a empresa decide não abrir, então deve assumir o prejuízo das horas não trabalhadas e não cobrá-lo do empregado. Não faz sentido proibir que se trabalhe nesses dias e exigir a reposição dos mesmos. Deveria ser oferecido como opção, jamais como obrigação.
    Grato pela atenção.

  3. Kleber Esteves de Oliveira Says:

    Tratamento gratuito e acompanhamento do SMS de dependentes drogas (alcool, cigarro…..etc)

  4. Kleber Esteves de Oliveira Says:

    Fim da demissão sem justa causa ( ACT) para funcionários concursados da Petrobras. Apuração criteriosa e com direito a defesa dos empregados a serem punidos com demissão por justa causa.

  5. marcelo amaral Says:

    Agora, vamos começar a agenda do acordo coletivo 2011/2012, onde não poderá faltar:
    1) UM NÍVEL INTEIRO (acabar com A e B)PARA CADA 2 ANOS DE PETROBRAS, PRINCIPALMENTE PARA OS PETROLEIROS QUE ENTRARAM ANTES DE 1996. Os petroleiros que não tiverem 1 nível a cada 2 anos receberão os níveis em set. 2011.
    O avanço de um nível em no máximo em 24 meses, ao invés de ser feito de no máximo 36 meses como hoje; Todos petroleiros que não têm 1 nível a cada 2 anos receberão os níveis atrasados a partir de 1 de SET. DE 2011;
    2) PROMOÇÃO CONTEMPLANDO OS EMPREGADOS DE NÍVEL MÉDIO E SUPERIOR JÚNIOR QUE TIVEREM 10 ANOS COM PROMOÇÃO PARA PLENO E OS QUE TIVEREM 20 ANOS DE PETROBRAS COM PROMOÇÃO AUTOMÁTICA PARA SENIOR;
    3) O PLANO DE CARGOS GARANTIRÁ QUE ENTRE CADA NÍVEL DA TABELA SALARIAL HAVERÁ UM INTERNÍVEL NO MÍNIMO DE 5% ( CINCO POR CENTO) e fim do subníveis A e B;
    4)DE PLENO PARA SENIOR PARA TODOS PETROLEIROS COM MAIS DE 20 ANOS DE PETROBRAS;
    5) INCORPORAÇÃO DO RMNR NA TABELA SALARIAL;
    6)CONSULTOR TÉCNICO ESCOLHIDO PLA MAIOR PONTUAÇÃO ATUAL, E FIM DE INDICAÇÃO GERENCIAL. O CONSULTOR TÉCNICO OU SENIOR COM MAIOR PONTUAÇÃO DENTRO DA PLANILHA ATUAL SERIA O INDICADO. Prova para indicação de consultor técnico.
    O PROFISSIONAL PODE SE CANDIDATAR A CONSULTOR TÉCNICO OU SENIOR, INDEPENDENTE DE INDICAÇÃO GERENCIAL , E SUA ESCOLHA SERIA POR CRITÉRIOS IMPESSOAIS, COMO A ATUAL PONTUAÇÃO. GERENTES NÃO INTERFEREM NO PROCESSO;z
    7) Escolha do representante dos empregados no CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA PETROBRAS por eleição, passando por capacidade efetiva de representar os empregados DA PETROBRAS.

  6. Sugestão:
    Adicional de R$2.000,00 para NM que possua certificado de curso Superior.
    Motivos:
    – Baixo salário dos técnicos
    – Alta evasão dos técnicos com nível superior, que passam em outros concursos, deixando a Petrobras numa situação de falta de corpo técnico de NM com experiência.

  7. Devemos colocar como proposta no proximo acordo coletivo, campanha salarial, a seguinte questão: Devemos estabelecer depois de devido estudo, piso salarial, compativel com nível médio e superior, ou seja um piso salarial a nível de empresa de petroleo, banco central, policai federal,receita da fazenda, devemos ter piso correspondente a empresas a nível da petrobras em produção e renda e não comparadas com empresas de fundo de quintal e que não produz riquezas nos mesmos padrões de empresas de petróleo no mundo, poios estamos nos transformando na quarta empresa maior do mundo. Por isso devemos grigar por piso salarial descente e não por ganho real, que é mendigancia por simplório reajuste e que não tem satisfaz a categoria.

  8. Incluir o intervalo de 15 min na contagem da jornada de trabalho de 6h//dia do Assistente Social, tal qual como ocorre com o médico e o dentista.

  9. washington melado Says:

    O acordo de 2010 chegou. Com ele a vontade de receber o adicional de vatagem pessoal, aqui falado.
    Aos que trabalham sob as inteperes do tempo o adicional de penosidade ou insalubridade. E pensando ainda mais a equiparação de horas entre Horario administrativo (deviam trabalhar 240 e trabalham 200 e o pessoal de turno deviam trabalhar 180, trabalham 168,9 e em isonomia ao HA deveriam trabalhar 150 horas)

  10. 9) AUMENTAR O TETO DA PETROS PARA APOSENTADORIA PARA
    R$ 24.800,00 (vinte e quatro mil e oitocentos reais) PARA QUEM REPACTUOU OU PARA QUEM NÃO REPACTUOU , MAS ENTROU ANTES DE 1982 NA PETROBRAS.

  11. DEVER-SE-IA DAR PRIORIDADE NO ACORDO COLETIVO 2010:
    1) INCORPORAÇÃO DA VANTAGEM PESSOA E IMNR NO SALÁRIO BÁSICO;
    2) INTERNÍVEL DE 5%
    3) ENGENHEIRO PLENO COM MAIS DE 24 ANOS DE EMPRESA SERIA AUTOMATICAMENTE POSICIONADO EM PRIMEIRO NÍVEL DE SENIOR, SENDO DADO 1/2 NÍVEL PARA CADA ANO E MEIO A MAIS QUE OS 25 ANOS DE EMPRESA. ASSIM, O ENGENHEIRO PLENO COM 27 ANOS DE EMPRESA SERIA POSICIONADO EM ENGENHEIRO SENIOR SEGUNDO NÍVEL.;
    4) PROVA PARA CONSULTOR TÉCNICO OU DE NEGÓCIOS;
    5) 5 DIAS DE FOLGA ALTERNADOS POR ANO SEM DESCONTAR NAS FÉRIAS;
    6) ANUÊNIOS CONTINUARIAM A SER CONCEDIDOS APÓS OS 30 ANOS DE EMPRESA ATÉ O LIMITE DE 60%;
    7) plano de reclassificacao para profissionais com formacao superior e em atividades de nivel medio – Cargos ;
    8) AVANÇO DE MEIO NÍVEL SALARIAL A CADA 12 MESES AO INVÉS DOS 18 MESES;

  12. Ivan dos Santos Cardoso Says:

    Quanto ao banco de hora deveria ser ampliado e caso ultrapassado, em positivo, não é admissível perder horas efetivamente trabalhadas. A sugetão seria que as horas ultrapassadas sejam obrigat´ria mente folgadas no mês seguinte e caso não ocorra a empresa deverá pagar automaticamente em hora extra.

  13. Ivan dos Santos Cardoso Says:

    Como basicamente todas as classes tem o seu dia de feriado, tais como professores, funcionários públicos, comércio, indústria, etc. Seria interessante que a Petrobras, conforme a BR já pratica, se colocasse como indústria ou comércio, para efeitos de feriado, pois no dia do feriado do comércio somos indústria e no dia da indústria somos comércio. Dessa forma trabalhamos um dia a mais no ano além das outras classes, inclusive do pessoal da BR.

  14. Ivan dos Santos Cardoso Says:

    Sugiro que seja colocado na pauta de negociação o pagamento de todas as horas efetivamente trabalhadas e perdidas na virada do mes por ultrapassarem 32 horas, pois afinal de contas essa horas foram trabalhadas e devem ser pagas.
    Dessa forma a Petrobras deveria fazer um levantamento desde que foi implementado o STIF e pagar em horas extras. Caso a mesma não disponha mais desses dados de algum ano para trás que pague um valor estimado de 3 horas por mês.

  15. [...] Inicio de Trabalhos. Continuação dos trabalhos realizados para o ACT 2009 aqui. [...]

  16. washington melado Says:

    De fato é bom participar deste grupo. Mas o acordo de 2009 é como titulo de futebol, não vale nada é passado. Vamos pensar em 2010, ano de Eleição, copa do mundo e ano de tratar de assuntos economicos. É hora de começar a cobrar salario minimo referencia para a categoria, que tal partir de R $ 4.500,00, que é o pretendido pelas as policias estaduais e que esta no congresso pronto para ser aprovado. O Salario inicial de Operador sempre acompanhou o de Solado (Policia Militar)

  17. POR QUE VCS SINDICATOS E EMPRESA FAZEM VISTAS GROSSAS Á VP ( VANTAGEM PESSOAL ), ELA É UM BENEFÍCIO A MAIS PARA OS EMPREGADOS EM REGIMES ADMINISTRATIVOS.. OS DE REGIME EMBARCADO PREVISTOS NA LEI RECEBEM ADICIONAIS DETERMINADOS NA LEGISLAÇÃO, NENHUM BENEFÍCIO COMO A VP LHES É AUFERIDO… POR QUE NÃO INCLUIR UMA PROPOSTA QUE DISPONIBILIZE O PERCENTUAL DA VP NOS SALÁRIOS BÁSICOS DOS EMPREGADOS E A PARTIR DAI A PETROBRAS APLIQUE A LEI, PAGANDO A PERICULOSIDADE PROPORCIONAL AO RISCO A QUE O TRABALHADOR ESTÁ EXPOSTO. LEMBREM-SE HIENAS E ABUTRES JÁ ESTÃO NO ENTORNO DAS POSSÍVEIS RIQUEZAS GERADAS PELO PRÉ-SAL…E NÓS PETROLEIROS? SEREMOS RELEGADOS E ESQUECIDOS, SEREMOS TRATADOS COMO MÃO DE OBRA BARATA E SACRIFICÁVEL, EM DETRIMENTO DE UMA REDE DE SANGUESSUGAS QUE ESTÃO INSTALANDO-SE…É A NOSSA HORA, APOSENTADOS, DA ATIVA, TEMOS QUE ACABAR COM A DIVISÃO E PARTIR PARA A UNIÃO, TEMOS QUE SER FORTES E UNIDOS NOVAMENTE, ESQUEÇAMOS A POLÍTICA E OLHEMOS UM POUCO PARA OS NOSSOS UMBIGOS.. OBRIGADO..GONZAGA

  18. Bom dia galera;
    Pessoal, essa é pra todos verificar como e frágil o nosso sistema de dobradinha, digo, quando nós funcionários da Petrobras, trabalhamos, Sete dias ou mais da nossa escala de trabalho, recebemos só o salário e mais os Sete dias que e = 25% amais do salário atual, os trabalhadores das empreiteiras se trabalhar + 7 dias ou vierem antes das suas jornadas eles, receberam duas vazes o salários deles; ou melhor dizendo, o salários deles dobrão, como diz a Chiquinha do chaves( pós, he. pós he.), até aonde nos vamos ser marionetes nas mãos, desces chamados GG, com a conivência do RH.mais o nosso sindicato atual que diga-se de passagem, dizem, as mão línguas que muitos deles já tem uma cadeira na diretoria essa cadeira foi concedida quando foram vendidas e empurrão de goela abaixo fazendo as maiorias dos trabalhadores Ré pactuar, lembram disso, é muito difícil.
    Um forte abraço a todos:
    Ademir.

  19. No diz respeito aos itens 66 e 67 segundo o coordenador da FUP, somente depois do fechamento do acordo coletivo desse ano é que se inicio as convesações sobre o reenquadramento dos antigos. Lamentável.

  20. Salários de ministros do judiciário em torno de R$ 24.800,00 (vinte e quatro mil e oitocentos reais)
    Vamos pegar carona na justiça que reivindica pelo menos 14% de reajuste e não vamos aceitar nada a menos do que os, “ministros dos judiciários”, conseguirem de reajuste dos salários, a final na hora do dissídio são eles que julgam e pegamo-los pela própria proposta deles. Judiciário à parte temos que mobilizar toda a categoria, pois com essa onda de crise vão querer arrochar mais do antes e temos força para conseguirmos o que nos é de direito inclusive os famigerados planos econômicos que quase todas as categorias já conseguiram e nós estamos a ver navios até hoje.
    Um grande abraço a todos.

  21. Boa tarde galera;
    Eu fico pensando sobre a PLR, com essa mania de Petro-sal coitada da PLR, adeus lucro e resultado, isso só veio pra dividir ha. já minguada PLR. Isso foi uma tremenda de uma tremenda sacanagem.
    Dessa vez a galera que já estava querendo aposentar, não vai mais ter a onde segura e vai embora mesmo, e eu estou nessa.
    Imagine a mão de obra vai ser toda da Petrobras e o pré-sal assume tudo isso vai dar pano pra manga mais vamos ver no futuro quem sabe que eu não esteja errado rsrs.

  22. Acho que esqueceram de solicitar algo muito importante. O fim do saldo negativo de 5 dias quando o funcionário embarcado volta de férias. Tal saldo negativo não existe hoje por conta do acordo provisório firmado ano passado. Vamos buscar a consolidação desta conquista sem atrelá-la a construção de aeroporto ou qualquer outra coisa. Há que se dizer que o funcionário sequer faz falta nestes 5 dias, pois está fora da sua escala e há outro grupo embarcado.

    • Já conversei com o Rangel do sindicato e pedi para
      que ele verificar o saldo gerado pela escala 14×28,
      esta escala não existe e a empresa mantem e o pior ,
      não paga a dobradinha pois o funcionario esta com dia negativo gerado por esta escala.

  23. Maria Tereza Pereira Says:

    Equiparação salarial dos anistiados Petromisa e Interbrás com os empregados da Petrobrás. 2) AMS para os que pais que eram nossos dependente da AMS . 3) Tratamento igual , também, para os empregados que voltaram já aposentados, pois, a legislação é muito diferente e as garantia são nulas (sem PIS/PASEP, AMS só nos primeiros 15 dias, após SUS ou Plano de saúde particular ). Reconhecimento dos anos em que ficamos fora.

  24. [...] do grupo Acordo_Coletivo_Petrobras, com quase 3000 associados, encaminhamos aproximadamente 100 propostas para o ACT [...]

  25. [...] do grupo Acordo_Coletivo_Petrobras, com quase 3000 associados, encaminhamos aproximadamente 100 propostas para o ACT [...]

  26. aumento real de salario! alem de inumeros concursos, como ja falaram, pagarem mto mais que a Petrobras, convivemos com contratados que, na minha area, ganham ate 4 vz mais que nos funcionarios de nivel superior! Eh um desnivel absurdo na realidade destes contatados para a dos petroleiros. Alem disso, nao fazem nada que qq petroleiro da area nao saiba fazer. O que acontece eh que todos os recem concursados da gerencia ja pensam em estudar para bndes, receita… Trabalhar na maior empresa do Brasil, que ilusao!

    • jORGE Luis Barros Tavares Says:

      Quarta maior das Americas com valor de mercado de US$ 173,59 Bilhões empresa , superávit de US$1,45 Bilhões incremento de 600% em relação ao 2º trimestre de 2008. Mas o salário ,Ó!!! Pura ilusão

  27. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    Não quero mais participar destes comentários. favor não mandar mais mensagens para meu email

  28. Já efetuei este comentário uma vez no fórum de vocês e insisto que o item “29 – AMS c pgto minimo para pais que ganham ate 2 SM AMS” apenas desune a categoria. A inclusão dos Pais na AMS tem que ser para todos, não apenas para alguns. A variação do pagamento poderá seguir tabela semelhante a que já pagamos, mas tem que ser para todos, não apenas para os que ganham até 2 SM.

  29. ACHO OTIMO

  30. Deve ser verificado o desconto no contracheque dos petroleiros do CENPES que utilizam o onibus da unidade, este contrato é pago pela PETRABRAS (1001 e SOLAZER) e utilizado por toda força de trabalho, porem grande parte das empreteiras e todos os funcionarios contratados não pagam pela utilização de tal transporte, por decisão da PETROBRAS. Então qual o motivo do desconto somente para os petroleiros do CENPES? Na REDUC os funcionarios podem utilizar o onibus sem serem onerados por isto.

  31. Sebastião Almeida Says:

    Uma coisa que foi colocada neste espaço que faz muito sentido e faz parte da política de transparencia pregada pela empresa é o concurso interno para os cargos de pleno, senior e consultores na empresa.
    Todos sabemos que a empresa não realiza mais concursos para tecnicos plenos; sendo assim nada mais justo que, dentro das regras existentes, ela abra um concurso interno para tecnicos plenos e senior e para consultor.

  32. Além dos técnicos de contabilidade e enfermagem, temos que considerar a equiparação também dos inspetores de segurança e dos tec. de administração aos demais técnicos. Outro ponto é a atividade de Fiscalização/Gerenciamento de contratos. No meu caso, ingressei na companhia e um mês depois já era responsável por mais de R$10 mi em contratos. Todos os meus contratados ganham mais do que eu, há cobrança quanto auditorias (Audin, TCU, etc) em nosso nome e não temos respaldo nenhum, enfim, a atividade de fiscalização é vendida por gerentes como sinônimo de status e reconhecimento da responsabilidade e capacidade do empregado mas não há nada concreto para os que desempenham essa atividade. Outro ponto a ser discutido é a inclusão do tecnólogo nos concursos da Petrobras, mesmo que num nível entre o 800 e o 808. A Petrobras usa sua influência para que sejam desenvolvidos cursos específicos para atender a ela tanto de instituições privadas quanto das públicas de referência, mas ao mesmo tempo não aceita que esse profissional concorra a uma vaga em seu quadro, indo contra o senso ético e responsável que essa empresa deveria ter. Outro ponto que acho interessante discutir é a capacitação dos gerentes da Petrobras, a empresa ficou muito tempo sem contratar ninguém e promoveu à gerentes pessoas que nem sempre acompanharam as mudanças do mercado, das pessoas e da própria empresa. Hoje é comum lidar com gerentes (leia-se funções de liderança) que trabalham em desacordo com as normas da empresa e usam sua função para coagir os novos empregados que buscam seguir orientações corporativas ao famoso “jeitinho”. Além de tudo isso temos que considerar a incorporação da PLR ao nosso salário, não consigo fazer um financiamento decente para comprar uma casa porque meu contracheque é de R$1500,00 líquido, ou seja, a última PLR foi de R$17000, mas e a próxima? como posso planejar minha vida com tranquilidade sem saber quanto ganho?. Por último acho interessante a sugestão já citada de auxílio almoço nas unidades onde existe restaurante, isso traria a liberdade do empregado se alimentar com a família ou no local de preferência além de forçar as empresas prestadoras de serviço de alimentação a aumentar a qualidade de seu serviço, já que hoje há o comodismo de toda força de trabalho dessas unidades serem obrigados a utilizar seu serviço.

  33. PEDRO NUNES DA CUNHA Says:

    CONSIDERO DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA A CRIAÇÃO DE ADICIONAL DE FISCAL DE CONTRATO; TEM-SE UMA RESPONSABILIDADE ATÉ PERANTE OS ÓRGÂOS DE CONROLE EXTERNO E NÃO SE GANHA NADA POR ISTO.

  34. Isonomia entre os empregados na questão que norteia AMS, sendo estendida para os pais daqueles que adentrarão a empresa nos últimos concursos desta década.

  35. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    TODA EMPRESA DÁ UMA CESTA BÁSICA E TICK REFEIÇÃO PARA OS SEUS EMPREGADOS, PORQUE NÃO A PETROBRAS. AUXILIO ALMOÇO É UM ADICIONAL, QUE NA VERDADE TERIA QUE SER AHRA, POIS OS FUNCIONÁRIOS GASTAM UNS 30 MINUTOS LÁ FORA, MUITOS NÃO ALMOÇAM E ACABAM VOLTANDO PARA DENTRO DA EMPRESA TRABALHAR. CESTA BÁSICA É RESPONSABILIDADE SOCIAL, QUE TANTO A EMPRESA PREGA.

  36. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    TODA EMPRESA DÁ UMA CESTA BÁSICA PARA O EMPREGADO, PORQUE NÃO A PETROBRAS. AUXILIO ALMOÇO É UM ADICIONAL, QUE NA VERDADE TERIA QUE SER AHRA, POIS OS FUNCIONÁRIOS GASTAM UNS 30 MINUTOS LÁ FORA, MUITOS NÃO ALMOÇAM E ACABAM VOLTANDO PARA DENTRO DA EMPRESA TRABALHAR. CESTA BÁSICA É RESPONSABILIDADE SOCIAL, QUE TANTO A EMPRESA PREGA.

  37. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    PROPOSTA DE CONDIÇÕES DE COMPRAR A CASA PRÓPRIA COM OS RECURSOS DA EMPRESA DESCONTANDO EM CONTRACHEQUES. FINANCIAMENTO FEITO POR BANCOS É MUITO, CANSATIVO, MUITA BUROCRACIA E JUROS MUITO ALTOS. A EMPRESA PODE PATROCINAR ISTO PARA OS EMPREGADOS

  38. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    MAIOR DESCONTO NO TRATAMENTO DENTÁRIO… 30% DE DESCONTO É POUCO. TRATAMENTO DENTÁRIO É MUITO CARO. PROPOSTA DE AUMENTAR ESTE PERCENTUAL PARA 50 A 60% DE DESCONTO PARA OS EMPREGADOS.

  39. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    ANTIGAMENTE CONSEGUIA PULAR ATÉ 6 NÍVEIS, HOJE EM DIA NÃO SE TEM OPORTUNIDADE DE MELHORIAS, DE CONSEGUIR GALGAR UM CARGO DESCENTE COM UM SALÁRIO DESCENTE, COM UMA FUTURA APOSENTADORIA DECENTE TAMBÉM. COLOCAM UM PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS COM UMA DIFERENÇA IMENSA PARA SE ALCANÇAR ESTÁGIOS, QUE FICA IMPOSSÍVEL MUDAR ESTE ESTÁGIO, MESMO PORQUE NEM SEMPRE SE GANHA NÍVEL. ANTIGAMENTE, PELOS MÉRITOS DOS FUNCIONÁRIOS SE PULAVAM ATÉ 6, 7,8 NÍVEIS PARA SE ALCANÇAR OUTRA FUNÇÃO. PROPOSTA VOLTAR O QUE ERA ANTES, INDEPENDENTE DE TABELA DE CARGOS E SALÁRIOS

  40. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    AUMENTO POR MÉRITO DE TRÊS NÍVEIS E NÃO UM, POIS AS VEZES AS PESSOAS LEVAL TRÊS ANOS SEM GANHAR NÍVEL, DE ACORDO COM CADA GERENTE.

  41. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    PRIMEIRIZAR OS TRABALHOS NA PETROBRAS, NADA DE CONTRATADO DENTRO DA PETROBRAS. A EMPRESA FICA SEM LIBERDADE EM SEUS PROCESSOS, PROJETOS E EM OUTROS ASSUNTOS. ALÉM DO MAIS, JÁ PASSARAM MUITAS PESSOAS EM CONCURSO, QUE DAR PARA SUBSTITUIR TODO ESTE PESSOAL CONTARTADO AQUI DENTRO. CONTRATADO AQUI DENTRO GERA, COMPETIÇÃO POR SALÁRIOS E MAL ESTAR ENTRE OS PETROLEIROS.

  42. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    EQUIPARAR OS SALÁRIOS DA PETROBRAS COM OS DO MERCADO. NAS CONTRATADAS PAGAM BEM MELHOR QUE NA PETROBRAS, MOTIVO PELO QUAL, MUITOSS ESTÃO SAINDO DA EMPRESA, E MUITOS NÃO ESTÃO SE INTERESSANDO EM PRESTAR CONCURSOS, OU QUANDO PRESTAM , CONSEGUEM PASSAR E ENTRAM… DEPARAM COM UMA OUTRA REALIDADE. MUITOS NÃO FICAM NEM UM ANO NA EMPRESA.

  43. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    DIREITO PARA OS NOVOS FUNCIONÁRIOS DE INCLUSÃO DE PAI E MÃE NA AMS. ACHO UM ABSURDO ESTA EXCLUSÃO. TRABALHO NA EMPRESA A 23 ANOS E QUANDO ENTREI NÓS TÍNHAMOS ESTE DIREITO.

    • De acordo, compenheiro. Mesmo que a participação do funcionário seja mais alta nos atendimentos dos pais.
      Acho imperdoável a empresa simplesmente ignorar o fato.

      Sds
      Henderson

  44. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    FORMALIZAR FUNÇÃO DE AUDITOR DE SMS COM NÍVEL CARGO UNIVERSITÁRIO. ESTE PESSOAL TRABALHA COM LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E AMBIENTAL, NORMAS REGULAMENTADORAS, NORMAS ISO, OSHAS, PORTARIAS E TODO TIPO DE LEIS. MUITA RESPONSABILIDADE E UM CARGO DE FACILITADOR DE SMS.
    CRIAR A FUNÇÃO COMO NAS CONTRATADAS , AUDITOR DE SMS OU COORDENADOR DE SMS, PRINCIPALMENTE MELHORARO NÍVEL DA FUNÇÃO, POIS NÃO SE TRATA DE CRIAR STATUS, E SIM FUNÇÃO E SALÁRIO ADEQUADO AO QUE SE PRATICA.

  45. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    AUMENTO DE NÍVEL AUTOMÁTICAMENTE TODOS OS ANOS

    • NÍVEL AUTOMÁTICO ANUALMENTE ACHO MEIO DIFÍCIL. TEM A QUESTÃO DO MERECIMENTO.
      AGORA, POR MERECIMENTO , AO INVÉS DE APENAS 1 NÍVEL SEREM DADOS NO MÍNIMO DOIS NÍVEIS, SERIA INTERESSANTE.
      E POR ANTIGUIDADE, AO INVÉS DE MEIO NÍVEL A EMPRESA DÁ 1 NIVEL, SERIA TB INTERESSANTE.
      CONTANDO OS 35 ANOS DE EMPRESA (PARA APOSENTADORIA ) SERIA , NO MÍNIMO 20 NIVEIS . JÁ SERIA MEIO CAMINHO ANDADO PARA O TOPO DA CARREIRA. A OUTRA METADE SERIA POR MERECIMENTO, DE DOIS EM DOIS NÍVEIS, NO MÍNIMO.

  46. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    SAIU UM DIP ANO PASSADO À RESPEITO DO DIREITO DE PARCEIRO DE HOMOSSEXUAIS TEREM DIREITO NA AMS. MAS ONDE ESTÁ FORMALIZADO ISTO. BOA HORA PARA SE FORMALIZAR NO ACORDO COLETIVO.

  47. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    PLR PARA OS APOSENTADOS TAMBÉM. ELES NÃO ESTÃO NA ATIVA, MAS DERAM A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A EMPRESA CHEGAR ONDE ESTÁ E FATURAR O QUE FATURA HOJE. É MAIS QUE JUSTO QUE OS APOSENTADOS TAMBÉM RECEBAMESTA CONTRIBUIÇÃO DE RECONHECIMENTO DA EMPRES

  48. Nilton Gonçalves Nascimento Says:

    É vergonhoso o tratamento dado aos Empregados que continuam trabalhando, em curso preparatório para aposentavéis, ouvi em palestra, eu e mais os colegas participantes, do representante dos aposentados no nosso Sindicato quando questionado sobre as chantagens da Petrobras…
    ” ISSO É PROBLEMAS DE VOCES E PETROBRAS, NOS TAMBEM SOMOS CONTRA POR ENTENDER QUE, VOCES QUE APOSENTARAM E CONTINUAM TRABALHANDO ESTÃO TIRANDO O EMPREGO DE QUEM QUER TRABALHAR, TENHOS TRÊS FILHOS DESEMPREGADOS QUE PODERIAM ESTAR NA VAGA DE VOCÊS”,. E ficou irritadissimo quando um colega insistiu que como nosso representante, independente do ponto de vista deveria nos defender, como faz um Advogado….
    Conclusão,
    Talvez seja esse o famoso Advogado do diabo. Caso não haja mudanças nessa linha de pensamento, sugiro que unimos e desligamos do Sindicato para não estar pagando o Advogado do inimigo.

  49. Wellington Says:

    Gostaria de colocar em pauta o CANCELAMENTO da revisão B do procedimento PE-0V4-00009-B – SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO, pois a revisão antiga pagava 100% + Adcional noturno nas HE de parada e agora só paga os 100%, conforme trecho retirado do procedimento: “O Adicional Noturno (AN-CLT) já está contido no percentual de acréscimo de 100%”

    Obrigado

  50. Marcos Knauer Says:

    Técnicos, com mais de 10 anos na função e mais de 15 anos de empresa, trabalhando sempre na mesma área de atuação, que na epoca da implantação do Plano de Cargos se encontravam enquadrados como Técnico I, deveriam ser enquadrados imediatamente no nível inicial de Técnico Sênior. Isto acabaria com algumas distorções que ocorrem na implantação do atual Plano de Cargos e Salários, onde empregados com grande conhecimento e relevantes serviços prestados, ficaram enquadrados muito próximos ou juntos com empregados recém admitidos.

  51. carlos andre Says:

    Auditor da Rceita Federal – r$ 13.500,00
    Banco Central – r$ 10.500,00
    Agencia Reguladora – r$ – 10.500,00
    BNDES – R$ – 9.000,00
    Petrobras – r$ – 5.300,00
    Precisa dizer mais alguma coisa? os salários de nível superior da Petrobras são ridículos.

  52. SUGESTÕES:

    1) Creche nas dependências da Petrobras.

    2) Abono de horas faltadas para acompanhar filho à consulta médica.

    3) Licença não remunerada de até 1 ano. Neste caso, não apenas para as mães, mas para todo corpo de funcionários e independente do motivo.

  53. ivo martins maia Says:

    Gostaria de receber o auxilio almoço em dinheiro, pois assim terei liberdade de comer onde eu quiser.

    • colocado na lista, ok.

      • Wagner Oliveira dos Santos Says:

        Isso já é feito. O problema é que esse mesmo auxílio, sendo pago em dinheiro, sofre dedução do IRRF.

        • Vou verificar a questao legal do IRPF.

          • Wagner Oliveira dos Santos Says:

            Caro José,
            qualquer benefício pago em espécie está passível de dedução do IRRF. O mesmo aconteceria se a gente recebesse o auxílio transporte em dinheiro.
            Fui funcionário concursado da Prefeitura de Rio das Ostras e eles fazem dessa forma, pagam o auxílio transporte em dinheiro e quem recebe uma base alta, como médicos e demais profissionais de nível superior, sofre dedução do IRRF, inclusive em cima do auxílio transporte, assim como o auxílio alimentação, que também é pago da mesma forma.
            Busque averiguação a respeito, pois o desconto de INSS também é feito em cima disso.
            Vamos tomar como base o técnico de administração e controle jr. nível 433A (inicial da carreira): RMNR de R$1869,14 e auxílio almoço de R$484,00. Somando tudo, dá R$2353,14. O INSS é calculado em cima desse montante (nessa faixa, o desconto é de 11%) e fica em R$258,85 e o IRRF em R$49,48.
            Considerando apenas o RMNR (R$1869,14), o INSS cairia para R$205,61 e o IRRF (nesse caso, faixa de dedução de 7,5%) ficaria em míseros R$17,21….. e aí???

  54. Sugiro a licença-amamentação, que funcionaria nos seguintes moldes: após a licença-maternidade, a empregada teria direito a carga horária reduzida (para 4 horas no regime administrativo; nos demais deveria ser adequado à necessidade) para amamentação, até que o filho complete um ano de vida, condicionada a manutenção à apresentação dos comprovantes de vacina.
    Acho que seria mais justo até do que a licença-maternidade de 180 dias. Mas se conseguisse as duas benesses, seria uma ótima para todas as mães.

  55. Gostaria que estas propostas fossem atendidas

  56. antonio lisbôa s. filho Says:

    Não se justifica operadores, ou q/q outra função, com mais de 25 anos de empresa não estarem enquadrados como seniores.O mesmo não acontece com os empregados de nível superior, é só pesquisar!

  57. Este Fórum deveria estar no site Fatos e Dados da Petrobras… isso sim seria transparência, onde seriam obrigados a resposnder cada item.

  58. DIREITO PARA TODOS OS PAIS QUE ERAM DEPENDENTES DA AMS DOS COLABORADORES NO ANO DE 1995 ORIUNDOS DA PETROMISA UNS COM DIREITO E OUTROS NÃO, NÃO É JUSTO ESTAVAMOS NA MESMA EMPRESA E ESTAMOS NA MESMA EMPRESA.

  59. CÍCERO FIGUEIRÓ FRANÇA Says:

    Caros Industriáros do setro do petróleo e gás.

    Gostei muito dessa iniciativa e do espaço democrático. Já passei em alguns comentários e verifiquei que estão muitos bons, idéias bem centradas, e abertura de bons temas. Mas tarde vou acessar, me cadastrar, e incerir propostas, motivações comportamentais, e chamadas para novas iniciativas focada em comprometimento pessoal e para com a nossa Organização.
    Boa leitura, e ótima integração.

  60. Djalma Daniel Says:

    Creio que devemos lutar por salários mais justos. Benefício não é salário. Os salários da Petrobras estão bem defasados se comparados ao mercado. Creio que um aumento de 30 a 40% seria o necessário para nos equiparar hoje com o mercado e tornar a fazer da Petrobras uma empresa atraente. Temos perdido muito petroleiros para o mercado, e a tendência é se agravar. Estamos perdendo tecnologia, treinamento, experiência, e qualidade de serviço. Tenho certeza que o aumento da remuneração, nos equiparando com o mercado só traria ganho para Petrobras.
    Hoje a Petrobras está se transformando em um tranpolim. Quando treinamos e qualificamos o funcionário, ele recebe uma proposta e sai da empresa.
    Equiparação Salarial, já!

  61. jORGE Luis Barros Tavares Says:

    Achonecessário colocar em Pauta a questão da valorização dos funcionários que tem curso superior e exercem funções de nível técnico, reclassificando este pessoal sem ter que prestar concurso, já que são funcionários experientes, conhecedores e inseridos no processo da empresa. Basta treiná-los com um curso de especialização, da mesma forma que fazem com novos funcionários quando chegam a empresa. Faz se necessário a empresa valorizar estes funcionários que se qualificam com os seus próprios esforços e recursos em busca de um retorno, crescimento e reconhecimento, e acabam de uma certa forma contribuindo no seu dia a dia em suas atividades de forma expontânea com a empresa do seu conhecimento adquirido em tarefas sem remuneração nenhuma ,e até mesmo, orientando novos funcionários que chegam sem experiência , principalmente o pessoal de Engenharia. É importante colocar em Acordos Coletivos a inclusão destes profissionais de nível superior nos quadros de pessoal da empresa sem ter que prestar concurso, usando um processo de reclassificação, pois são funcionários que já atuam na empresa, tem conhecimento, estão inseridos nos processos , interesses e visão da empresa , e pelo fato de ficar muito mais barato do que um processo de seleção e contratação. É prático e viável para a empresa, pois contratar um funcionário sem experiência e treiná-lo se torna um processo longo, cansativo e custoso.

    • Isso é expressamente proibido por lei.

      • jORGE Luis Barros Tavares Says:

        Nas contratadas os processos de reclassificação acontecem naturalmente para funcionários que concluem curso superior e não é proibido por lei.

      • Cada idéia que o pessoal tem… ACT não é lei federal, muito menos emenda constituicional. E a Petrobras é grande sim, mas não a ponto disso meu amigo. E vamos parar com esse ciúme das contratadas. BAsta se demitir e virar um contratado para ganhar mais.

  62. Deveria ser criado concursos interno dentro da empresa. Tanto para cargos de consultor como para atuais funcionários de nível médio passarem parem a exercer cargos de nível superior como acontece nas empresas privadas. A experiência de campo dentro da própria empresa é fundamental para uma boa gestão.

  63. Guaracy Portugal Says:

    As entidades de ensino superior que dão descontos para ensino superior para o empregado são poucas, normalmente em grandes centros.
    Muitos de nós que moram em centros menores não tem este auxílio.
    Que a empresa dê um melhor tratamento a esta questão, não permanecendo somente aquelas entidades de ensino maiores ou grandes centros como Rio, Campos e outros.

  64. Magno Lima Says:

    Sugiro levar a pauta a questão dos Tec de Suprimentos a bordo, pois somos subordinados ao COMAN, contudo não estamos em turno. Isso leva a ações para conter despesas como Entregar a Chave do Almoxarifado aos Pm’s para que esses retirem os sobressalentes que o pessoal do turno precise durante a noite. Algo que não nos dá segurança alguma.

  65. João Cícero da Fonseca Says:

    Gostaria de acrescentar duas consultas que poderiam se transformar em propostas:
    1-AMS deveria ser um gestor do sistema de assistencia de saúde do empregador, isto é, o empregado deveria ter liberdade para escolher o plano de saude que melhor lhe atender em sua cidade, visto que a AMS não atende bem fora das cidades base da petrobras. Eu mesmo precisei recorrer ao SUS em determinada ocasião porque em minha cidade estava suspenso o convencio com ortopedistas, exatamente quando eu precisei.
    2 – O dia de doação de sangue deveria ser folga para empregados em regime of shore também, isto é, o empregado teria um dia a mais de folga caso doe sangue em seu periodo de descanso.

  66. Everton Sales Says:

    Faltou derrubar o limite de 40 anos para operação de miopia…

  67. Sergio Trancoso Says:

    Sabemos que existen algumas discriminações dentro da empresa, mas a que foi e continua sendo cometida com os Tecnicos de Contabilidade e de Enfermagem é gritante. Esta reinvidicação de equiparação ou nivelamento com outros Tecnicos não pode ser vista como de duas categorias apenas, mas como uma bandeira contra a mais uma injustiça. Esperamos que entre na pauta do ACT em 2009.

  68. julio cesar Says:

    Gostaria que neste acordo, fosse incluida uma grande remuneração para os brigadistas. Pois, na hora dos sinistros, somos nós que colocamos nossas vidas em perigo, para proteger o patrimônio da petrobrás e isto não é reconhecido pela empresa.
    Eles dezem que; ser brigadista é diferêncial para ranqueamento de nivel más, isto não existe.
    O brigadista já deveria ganhar o nível automaticamente, pois é merecedor.
    O grande problema será todos os chefes, querer passar a ser brigadistas.

  69. muito interessante a proposta do pleno com mais de 25 anos de trabalho passar para senior

  70. Atilla Grangeiro Henriques Says:

    Nossa empresa tem condições de patrocinar maiores percentuais em se tratando de qualificação profissional do empregado, como já é realizado por diversas outras empresas do país. Ficamos ridicularizados com esses pequenos descontos em instituições de ensino superior.

    Sugestão: que seja de no mínimo 50% para empregados próprio (afinal, é patrimônio da empresa ou não é????) com algumas regras para que o empregado se mantenha na empresa após conclusão do curso. Como acontece em outras empresas.

  71. Francisco Acosta Says:

    Atualizar o livro de credenciados da AMS, pois existe muitos erros, dificultando localizar médicos credenciados.

  72. Atilla Grangeiro Henriques Says:

    Analisando criteriosamente em calculos matematicos, o modelo atual de avanço de nivel e promoçao, acredito que seria melhor desconsiderar proposta anterior de 1/2 nivel a cada 18 meses e adicionar uma nova proposta de 1 nivel a cada 2 anos aos empregados que não foram contemplados nesse prazo.

  73. Francisco Acosta Says:

    Seria interessante que a empresa buscasse trazer para as regiões onde ela tem sedes, curso universitários de seu interesse como cursos de engenharia, através da Universidade Aberta do Brasil, tais cursos facilitariam acesso dos funcionários embarcados a cursos universitários.

  74. Célia Tânia Gomes de Sousa e Silva Says:

    Gostei de receber a proposta. Solicito maior empenho no quesito inclusão de pais na AMS para aqueles empregados qua ainda não tem este benefício.

    Apoio da empresa em arcar 75% das mensalidades de curso universitário para empregado.

    Maior agilidade da Empresa com relação ao processo de aposentatoria de seus empregados.

    Que os benefícios do Plano Petros II fosse equiparados ao plano Petros, ou seja, que a renda seja complementar.

  75. Luiz Carlos Says:

    Companheiros(a),

    Nesse último plano de cargos a empresa simplesmente desprezou a categoria de técnico de enfermagem do trabalho. Igualmente a tantas outras funções o trabalho do profissional de saúde nas plataformas marítimas sobre intensa degradação. Intensa carga horária e atribuições com remuneração que necessita de ajuste igualando-se aos demais técnicos da companhia. Aliás a remuneração dos nossos técnicos necessita urgentemente de majoração.

  76. EDSON JOSE REBESCHINI Says:

    uM PONTO MUITO IMPORTANTE E QUE FOI COLOCADO NO ITEM 37 REFERE-SE A MELHORA NA QUALIDADE DOS PROFISSIONAIS DE AMS. DO JEITO QUE ESTA ESTAMOS VIRANDO INSS. OS BONS PROFISSIONAIS ESTAO SAINDO. A TABELA DA AMS É MUITO BAIXA E NAO ATENDE OS PROFISSIONAIS. PORQUE ÉH QUE ELES ESTÃO SAINDO. JA QUESTIONEI O RH E OUTROS SOBRE O ASSUNTO. A RESPOSTA QUE DAO É QUE CUMPREM A TABELA INSTITUCIONAL (LIMITE PELA ANS OU OUTRO ORGAO). O FATO É QUE TEMOS UM PROBLEMA DE NAO HAVER BONS PROFISSIONAIS PARA O NOSSO ATENDIMENTO. CONSIDERO ESTE PROBLEMA MUITO SERIO. SO QUEM NUNCA REALMENTE PRECISOU DE ASSISTENCIA MEDICA EFETIVA É QUE ACHA A AMS BOA. PRECISAMOS MOBILIZAR ESFORÇOS PARA MUDAR ISTO.

    CONTO COM VCS.

    REBESCHINI

  77. Em minha opinião, o item 62 deveria ser ampliada.- Inclusão de um adicional/incremento de pelo menos R$2.000,00 para os Fiscais de Contrato E TAMBÉM OS GERENTES DE CONTRATO.

  78. Elisabeth Nunes Sumares Says:

    Equiparação salarial dos anistiados da Interbras e Petromisa, que retornaram com o salário de l990!

  79. José Mota dos Reis Says:

    Solicito a inclusão de uma clausula onde a Cia se comprometa a dar assistência em medicamentos para os empregados que adiquiriram doenças provocadas por pressão, má gestão de Gerentes, etc…, para empregados na ativa e/ou aposentados.

    e o auxilio educacional para empregados/aposentados/dependente que encontram-se cursando nível superior ou tecnologo.

  80. Ozeias Firmeza Says:

    Acho que além desses pontos poderíamos aumentar a Licença Paternidade e o benefício Babá para os empregados, dado que não há sentido desse benefício ser apenas para empregada.

    O benefício escolar poderia ser desonerado dos descontos também.

  81. Matheus Batista Says:

    Reivindicamos a isonomia salarial dos cargos administrativos, contadores e economistas de nível superior da Empresa. Hoje os Administradores, Contadores e Economistas iniciam sua carreira na Companhia no nível 806A, enquanto Advogados e Engenheiros são alocados no nível 808A.
    Tal isonomia já é exercida em outras instituições do Sistema Petrobras, como, por exemplo, a BR Distribuidora.

    Ressalto que tal reivindicação já foi manifestada nas assembléias sindicais da Companhia, porém não encontra-se relacionada dentre as dispostas neste site.

  82. José Francisco Dias de Souza Says:

    Reivindicamos a isonomia salarial dos cargos administrativos de nível superior da Empresa. Hoje os Administradores, Contadores e Economistas iniciam sua carreira na Companhia no nível 806A, enquanto Advogados e Engenheiros são alocados no nível 808A.
    Tal isonomia já é exercida em outras instituições do Sistema Petrobras, como, por exemplo, a BR Distribuidora.

    Ressalto que tal reivindicação já foi manifestada nas assembléias sindicais do Cenpes e em outras unidades da Companhia, porém não encontra-se relacionada dentre as dispostas neste site.

  83. Alcides Santos Neto Says:

    REF: ISONOMIA DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DA PETROBRAS

    Reivindicamos a isonomia salarial dos cargos administrativos de nível superior da Empresa. Hoje os Administradores, Contadores e Economistas iniciam sua carreira na Companhia no nível 806A, enquanto Advogados e Engenheiros são alocados no nível 808A.
    Tal isonomia já é exercida em outras instituições do Sistema Petrobras, como, por exemplo, a BR Distribuidora.

    Ressalto que tal reivindicação já foi manifestada nas assembléias sindicais do Cenpes e em outras unidades da Companhia, porém não encontra-se relacionada dentre as dispostas neste site.

  84. O mesmo problema descrito pelo Alexandre acontece para os cargos de nível superior, onde em algumas carreiras o início se dá em nível suerior aos demais. Puro preconceito. Isso tem sido debatidado arduamente internamente e me supreendeu não estar nas pautas acima elencadas. Acho que isso é ponto fundamental a ser incluída na ACT 2009.

  85. A proposta 63 está repetindo a proposta 32.

  86. Unificação de faixas salariais por carreira.

  87. Adicional de Mestrado e doutorado.

    • Rodrigo Pacheco de Oliveira Says:

      Concordo. Estou fazendo um projeto de mestrado e a empresa não me ajuda em nada e como sou assalariado fico obliterado em receber bolsa-auxílio da FAPESP, CAPES, ou qualquer outra instituição. Desta forma sou obrigado a usar meus próprios recursos financeiros para realizar as pesquisas, o que acaba por prejudicar minha vida financeira. Portanto, nada mais justo, acho que realmente na condição de uma empresa que preza pela instrução dos seus funcionários, creio que seja o míni

      • jORGE Luis Barros Tavares Says:

        CONCORDO COM VC, QUANDO É DO INTERESSE DA EMPRESA, DE ALGUMA PESQUISA QUE VISA BENEFICIAR ALGUM PROJETO DELA, ELA ABRE QUALQUER OPORTUNIDADE PARA QUE O FUNCIONÁRIO SE SINTA VALORIZADO, INDUZINDO A TRABALHAR DE GRAÇA PARA CONCLUSÃO DE SEUS PROJETOS… MAS NUNCA, VISANDO A SATISFAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL DO MESTRANDO EM DEFENDER A SUA PRÓPRIA TESE.

  88. extensão da possibilidade de utilização da sala de exercícios por todos, visando à presvenção.

  89. Retorno dos concursos para pleno.

  90. PROPOSTA PARA QUE OS APOSENTADOS NA ATIVA TENHAM DIREITO A REFAZEREM SUAS COMPLEMENTAÇÕES JUNTO A PETROS COMO JÁ HÁ PROJETOS ( JA EXISTE CASOS COM GANHOS DE CAUSA NA JUSTIÇA PARA A DESAPOSENTADORIA) PARA NOS CASOS DA PREVIDENCIA HAJA A DESAPOSENTADORIA PARA MELHORA D0 BENEFÍCIO LEVANDO-SE EM CONTA A NOVA CONTRIBUIÇÃO.

  91. Elias Alves Says:

    Gostaria de levantar a seguinte questão, acho que um adicional de periculosidade que acaba sendo englobado pela RMNR é um despropósito. Hoje quem trabalha em área de risco, mesmo no administrativo, como é o meu caso, chega a receber menos que outro empregado de mesmo nível e função que a minha que trabalha em escritórios nas cidades, devido às diferenças regionais de alguns benefícios. O adicional de periculosidade deve ser “adicional” como o próprio nome diz, e não englobado pela RMNR. Nâo existe motivação profissional para trabalharmos em área de risco no administrativo hoje. Fui informado em um banco que não consigo fazer um seguro de vida por trabalhar na Fafen-Ba, por conta do risco de vida, e não recebo um tostão a mais por isso.

  92. Alexandre Nascimento Says:

    Prezados, gostaria de deixar aqui uma observação sobre um temo muito discutido quando da implementação do novo plano de cargos da Cia. Na ocasião, a Cia. agiu com discriminação quanto ao nivelamento do salário dos técnicos da empresa, ao não igualar os salários dos Técnicos de Conbabilidade e Enfermagem com os demais técnicos da empresa. É lamentável que haja essa discrepância ainda, apesar de todos os esforços que nós técnicos de contabilidade fizemos para que a Cia. igualasse a tabela salarial da categoria, não obtivemos sucesso na época. Estamos na luta para que o ACT 2009 tenha em pauta este assunto, pois consideramos inadmissível que ainda haja esta diferença de jugamento hoje na Cia. Solicitamos o apoio de todos para conseguirmos esse pleito.
    Obrigado!
    Alexandre.

  93. Acho que faltou os benefícios educacionais para fucionários pois só os descontos que as IES dão aos petroleiros é muito pouco. A empresa poderia arcar com um determinado percentual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 215 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: